sábado, 14 de janeiro de 2012

Filé de peixe com cuscuz marroquino e legumes assados

beterrabas e cenouras orgânicas
Uma refeição completa com preparo simples, custo acessível, diferente e que vai impressionar – esta receita é assim.

Também é um jeito rápido, gostoso e saudável de preparar peixe – nada de fritura, nem de empanado mergulhado no óleo fervendo porque seria um desperdício. Ouvindo os conselhos da Dra. Gillian McKeith, descobri que num único filé a diferença entre fritar e grelhar é de mais de 200 kcal e 22 g de gordura!

Outra coisa bacana dessa receita é que basta variar o tipo de peixe que a refeição já é outra trocando apenas um ingrediente. Use filé de Saint Peter, salmão, truta ou linguado porque tem ótima consistência e a apresentação final fica linda.

Alguns hortifrutis de São Paulo têm boas peixarias, como é o caso do Sacolão Higienópolis (Rua Dona Veridiana, 158/162 – Higienópolis), que na verdade está bem perto do Largo de Santa Cecília, região central paulistana. É o único lugar onde compro peixe – preços acessíveis e produto sempre, sempre fresquinho, com bom atendimento.

Na feira livre da Rua das Palmeiras confesso que nunca mais compro peixe por dois motivos – já fui vítima de feirante picareta, que empurra bandejas de peixe que não estão frescos. E porque muitos são impacientes na hora de fazer um filé, não têm capricho. Cortam de qualquer jeito, há desperdício e você leva um peixe todo espedaçado pra casa.

Vamos começar pelos legumes assados, que levam mais tempo para ficar pronto. Depois, há duas opções de peixe para o prato principal e por último o cuscuz. Tudo pronto em menos de 1 hora.

Legumes assados
Ingredientes e preparo: 2 beterrabas médias cortadas em cubos bem pequenos, 2 cenouras médias cortadas em palitos, 2 batatas médias em cubos, 1 cebola roxa cortada em quatro partes. Tempere com azeite, pimenta do reino e sal grosso a gosto. Despeje numa assadeira de modo que os legumes fiquem todos bem distribuídos e não amontoados para assar igualmente. Leve ao forno médio-alto (200º) por cerca de 50 minutos.

Opção 1 - Filé de pfilé de Saint Petereixe assado
2 filés de Saint Peter
meia garrafa de leite de coco
1 1/2 colher (chá) de tempero para peixes e frutos do mar em pó (o tempero é uma mistura de coentro, pimenta do reino, gengibre, cebola, alho, cominho e pimenta chilli)
azeite
sal grosso
1 cebola fatiada

Coloque os filés para marinar por 20 minutos na mistura de leite de coco e suco de limão. Retire o peixe do caldo da marinada, esfreque o tempero em pó, o sal grosso e por último o azeite.

Pegue um pedaço de papel alumínio com tamanho suficente para forrar uma assadeira e cobrir o peixe (a parte mais brilhante do papel deve ser a que ficará em contato com o peixe, e não o contrário como muita gente acaba fazendo) e coloque a cebola fatiada de modo que forme uma “cama” sobre a qual ficarão os filés de peixe. Feche bem o papel alumunío e asse por 15 minutos em forno alto. Retire a assadeira, abra o alumínio com cuidado e deixe assar por mais 15 minutos ou até dourar a gosto.

Não se preocupe porque o sabor do leite de coco não vai tomar conta de toda a preparação. Ao contrário, fica suave e, ao mesmo tempo, realça o sabor do tempero de peixe.

Opção 2image
Filé de peixe na chapa
2 filés de salmão (pode ser  truta ou linguado)
Sal marinho ou, de preferência, sal defumado a gosto
Pimenta do reino
Azeite

Tempere os filés com o sal, pimenta e esfregue azeite. Esquente bem a chapa sem qualquer óleo para que não faça fumaça. Quando estiver bem quante, coloque os filés na chapa e deixe até dourar bem dos dois lados. Durante o cozimento, se necessário, coloque um pouco de azeite na chapa, mas só o suficiente para não grudar o peixe.

Cuscuz marroquino
2 xícaras de cuscuz de semolina
2 xícadas de água quente
raspas de limão
sal a gosto
2 colheres de semente de girassol (opcional)
1/4 xícara de salsa ou hortelã fresca

Preparo: Despeje a semolina numa tigela, junte as raspas do limão, uma pitada de sal e as sementes de girassol. Misture e coloque a água quente. Aguarde 10 minutos e mexa o cuscuz com um garfo. Pra finalizar, e só despejar numa prato bem bonito formando um monte e decorar com as ervas frescas.

Boas compras: o tempero em pó para peixes e mariscos e o sal defumado são apenas dois dos dezenas de temperos que podem ser comprados na Menegatti Distribuidora de Frios e Salgados Ltda, que fica na rua E, Box 24 do Mercado Municipal de São Paulo (Rua da Cantareira, 306 – Centro – São Paulo – SP – veja aqui como chegar).

O tempero de peixe custa em média R$ 1,25 o pacote com 25 g é um dos temperos que não podem faltar na cozinha. Sal defumado também não pode faltar – custa em média R$ 1,50 o pacotinho.

No Mercadão também tem o Mr. Josef, uma loja com grande variedade de temperos, óleos, azeites, fava de baunilho e outros. Não me lembro o endereço exato, mas é só perguntar para qualquer lojista e descobrir onde estará o box, com seus temperos pendurados para todos os lados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo contato!